feat0

Resenha: 50 Tons de Cinza

Quem não gosta de romance? Acredito que este seja um dos gêneros mais lidos, talvez mais pelo sexo feminino... mas, pra falar a verdade, acho — só acho —, que a maioria dos leitores que curtem romance, não gostaram de 50 Tons de Cinza, por ser uma obra muito fraca!

Leia Mais
feat2

Resenha: O ladrao de Raios

The Lightning Thief (O Ladrão de Raios) é o tipo de livro que já começa tirando uma onda pra chamar a atenção do leitor. Tem um ritmo impecável do começo ao fim; você pisca os olhos e já está no final. Que bruxaria é essa, Riordan?

Leia Mais
feat3

Resenha do livro "Um Dia"

Um Dia é um belo romance, não tão açucarado. Nele encontramos o amor (ah, o amor), que surge despercebido entre Emma e Dexter, e que amadurece junto a eles, ás vezes parecendo ter sumido com o passar dos anos, mas sempre estando lá, fincado nos corações dos dois. "O amor nunca morre"!

Leia Mais
feat4

Review do filme "MAMA"

Quando o pai de Victoria e Lilly mata a mãe das garotas, as crianças fogem assustadas para uma floresta. Durante cinco anos, ninguém tem notícia do paradeiro delas, até o dia em que elas reaparecerem, sem explicação de como sobreviveram sozinhas.

Leia Mais
feat5

Top 7 criaturas sobrenaturais

Uma enquete com a pergunta "qual você prefere?" em relação às criaturas "zumbis, sereias, vampiros, bruxos, fantasmas, anjos, e lobisomens", ficou aberta para votação no blog. Agora, de acordo com o resultado, analisem um Top 7 criaturas sobrenaturais, normalmente encontradas nos livros YAs.

Leia Mais

Resenha do Livro "Um Dia"


Clique aqui para ler a sinopse.



One Day (Um Dia), esta aí um livro que arrancou elogios de toda a blogosfera. Choveu críticas positivas por todo lado.

Apesar das míseras 308 páginas de uma narrativa simples e viciante, o autor, David Nicholls, nos mostra o passar de vinte anos dos personagens mais cativantes que já conheci.
 


“Sei que é difícil, mas em algum momento você vai encarar isso como uma nova vida! Um novo começo. Existe um monte de coisas que você pode fazer, só é preciso tomar uma decisão.”



Cada Capítulo se passa em um ano diferente, a partir de 1988 até 2005, o que é legal, bem legal, mas que resultou em uma pequena demora para a finalização da leitura (pouco menos de duas semanas). O que acontece é que, no início da maioria dos capítulos, sentia que estava no começo do livro outra vez...



“Porque as coisas sempre demoram para acontecer quando são verdadeiras?”



Um Dia é um belo romance, não tão açucarado. Nele encontramos o amor (ah, o amor), que surge despercebido entre Emma e Dexter, e que amadurece junto a eles, ás vezes parecendo ter sumido com o passar dos anos, mas sempre estando lá, fincado nos corações dos dois. "O amor nunca morre"!


"Com Vinte e três anos, a visão de Dexter Mayhew do próprio Futuro não era mais que a de Emma Morley. Queria ser bemn sucedid, que os pais se orgulhassem dele e que tivesse a oportunidade de dormir com mais de duas mulheres ao mesmo tempo, mas como tornaria todas essas coisas compativeis"



Um livro divertidíssimo, você irá rir e — para os mais sensíveis —, quem sabe, chorar. Caso resolva ler, não sossegará até que chegue a última palavra. O desfecho é surpreendente! Aliás, surpreso eu fico, ao ver que não existem muitos spoilers sobre o final por aí.


"Eles falavam muito pouco do que sentiam um pelo outro: não havia necessidade de frases bonitas e pequenas atenções entre amigos tão experientes."


Como agora a maioria dos livros best-seller possui uma adaptação cinematográfica, com Um Dia não foi diferente. O filme é bastante agradável, e fiél em uma medida totalmente aceitável!


Trailer do Filme:





Currently have 12 comentários:

  1. Eu adoro Um Dia, a narrativa do David Nicholls é muito boa mesmo. Um verdadeiro clássico moderno!

  2. Adorei a resenha e fiquei curiosa para ler o livro. Não sou muito fã de filmes, mas vou ver se consigo comprar o livro para ler.
    Realmente fiquei curiosa para ler este livro.

    Beijos

    alolatemumblog.blogspot.com

  3. Carlos, eu me desculpo por ter esquecido de ter demorado a vir aqui .
    Eu tenho o livro e ainda não o li !
    Você escreve muito bem (raridade na blogosfera) mas eu ainda to meio desanimado pra ler ele hauahuahauaha Parabéns pelo seu blog que é muito bonito, parece até o site da Intrinseca !
    descobrindolivros.blogspot.com.br
    Tem post novo.
    Abç

  4. Tenho o livro na minha estante, mas ainda não li...
    Mas a sua resenha é apenas mais uma com pontos super positivos sobre ele..
    Espero em breve ler...

    http://feliciity-unjourdepluie.blogspot.com.br/

  5. Ouço falar muito desse livro e apesar de ele ser diferente nessa ideia de ser um dia por ano que lemos, acho que essa diferença deva tornar cansativa (como vc disse ali que se sentia recomeçando o livro).

    Sei lá, por causa disso eu decidi não comprar, mas quem sabe? Se alguém que eu conheço tiver, eu talvez pegue emprestado

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

  6. Oi! Assim como você, adorei "Um dia"! É uma das minhas histórias preferidas e de alguma forma, o autor não tornou o livro cansativo por contar apenas o período de um dia de anos diferentes!
    Gostei da sua resenha e os quotes (:
    Beijos, Lis.
    ourbooksontheshelf.blogspot.com.br

  7. Na verdade, o livro não é tão cansativo. Você verá isso quando o ler, Bruna. Espero que chegue a gostar! Rs

  8. Obrigado pelos elogios, e, tenta começar a ler! Joga essa desanimação de lado!! Hahá

  9. Oi! Eu ainda não li esse livro mais tenho muita vontade!
    Amei tua resenha :]]
    Beijocas,
    Cindy, Contos Doces

  10. Oi,

    Eu já li esse livro em um LV do Skoob na época li super correndo, mas por alguma razão estranha eu esqueci parte da história. Isso mesmo desapareceu, evaporou. Só lembro que tinha gostado mas não lembro o porquê. Felizmente, esse foi o único livro que me aconteceu isso, ainda bem. Pretendo reler ele em breve e guardar a história dessa vez (;

    XOXO
    Gato Feio - http://ogatofeio.blogspot.com

  11. Eu adoro esse livro!
    E naquele grande momento no finalzinho (que você deve saber qual é) eu nem sei o que senti direito, foi uma mistura de sentimentos e... Nossa!
    Gostei muito da sua resenha. :)
    Bjos

  12. Oi.

    Eu sempre quis ler este livro, mas quando li fiquei decepcionada..rsrrs...quando aconteceu ficou muito difícil de ler...foi o mesmo que comer sendo obrigada....mas no final o livro tem uma lição muito boa...
    Parabéns pela resenha e obrigado pela visita...

    Seguindo..

    Beijokas!


Deixe um comentário

Comentários ofensivos são deletados. Caso você não possua um site/blog e queira comentar, use o campo "Nome/URL" e coloque seu nome no campo correspondente, deixando o campo de URL em branco. Ou, se preferir, comente como Anônimo.